Pela primeira vez, a pista localizada no Pesque Pague Crozeta em Campina Grande do Sul recebe uma etapa de Campeonato Nacional. O local ofereceu ampla estrutura com praça de alimentação e box com quiosques e churrasqueiras. A Abertura do Campeonato Brasileiro foi em conjunto com a segunda etapa do Paranaense de Cross Country e contou com 125 pilotos inscritos. A primeira categoria a entrar na pista foi a125cc valida somente pelo estadual, Gaspar Matos vence seguido por Ademir Graton e Fabio Castilho. Pelas categorias validas pelos dois campeonatos vem a XC 2 para 60 minutos mais uma volta de prova. Rômulo Bottrel de Belo Horizonte faz a volta mais rápida, vence a etapa e abre a pontuação na temporada, dobradinha dos pilotos de Rio Negrinho na segunda e terceira colocação com Felipe Wermuth e Loandro Anton. De ponta a ponta Kurtt Airton Rocha vence a Nacional A, Luiz Gustavo Filla fica com a segunda colocação e Rhennan Polli com a terceira. Os pilotos mais experientes entram na pista e o que não pôde faltar foi fôlego, mais uma hora de prova pra as categorias Open 35 e a Over 45 que largaram juntas. Francisco Marino de Jundiaí vence a Open 35 seguido por Alexandro Leonel e Luigi Colella. Luigi que é de Campinas venceu a Over 45, Jose Roberto Ferlini ficou com a segunda colocação e Antonio Lincoln Berrocal com a terceira. Kurtt Rocha e Luiz Gustavo novamente juntos na pista, e travam um verdadeiro duelo na Nacional B. Mais a exemplo na Nacional A, Kurtt vence e Gustavo fica em segundo, Luciano Francisco fica em terceiro. A elite do Cross Country Nacional entra na pista. Nielsen Bueno larga na ponta mais logo é ultrapassado por Rômulo Bottrel que lidera mais da metade da prova, quando também é ultrapassado por Paulo Stedile que sem dar chances a mais ninguém vence. Paulinho abre a pontuação no campeonato brasileiro seguido por Rômulo, a terceira colocação ficou com Felipe Zanol, em quarto Nielsen Bueno e em quinto Loandro Anton. A Abertura do Campeonato Brasileiro e segunda etapa do Campeonato Paranaense de Cross Country teve a supervisão da Federação Paranaense de Motociclismo com o apoio de Jarva Racing e patrocínio oficial da Pro Tork, a maior fabrica de moto peças da América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *